sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

FESTIVAL DE TORTAS E SARAU CULTURAL


Estamos felizes com a contribuição de todos para o Festival de Tortas e o Sarau Cultural, com o tema: "Pela Educação da Nova Era". O evento acontecerá na Fraternidade Espírita Irmã Scheilla (FEIS) no próximo dia 03, em parceria com o Rotaract Club Salvador-Aratu.
A renda será destinada ao premiado projeto EscolA + do Rotaract que visa transformações pela via educacional. Nessa oportunidade, o clube destinará a verba para a reforma da biblioteca de uma escola publica que foi adotada por esses jovens. A parte da FEIS será aplicada na compra de equipamentos quando da ampliação da Oficina de pães e bolos.
Os ingressos destinados à FEIS já foram vendidos, restam poucas unidades com o Rotaract. Muito Obrigado. Agora vamos nos deliciar com as tortas e as apresentações artísticas do Sarau Cultural, carinhosamente preparadas pelos idealizadores, e com a inspiração da "Educação da Nova Era"

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

FESTIVAL DE TORTAS E SARAU CULTURAL

03 de dezembro de 2016 

16h às 20h 

No dia 3 de dezembro vai ocorrer o Sarau Cultural e Festival de Tortas, dois eventos realizados em parceria do Rotaract Club Salvador Aratu com a Fraternidade Espírita Irmã Scheilla, local onde acontecerão.
Por apenas R$20,00 você terá direito a consumir tortas e assistir às apresentações culturais do Sarau.

O tema do Sarau é *Pela Educação da Nova Era*.

Toda a renda arrecadada será revertida para a reforma da biblioteca do Colégio Estadual Rômulo Almeida, como parte do nosso projeto EscolA+, e para a compra de novos equipamentos para a oficina profissionalizante de confecção de bolos e pães do GRÃO (projeto da FEIS que ajuda a comunidade de Nova Brasília).
Que tal comer diversas tortas e curtir apresentações culturais e ainda ajudar esses dois importantes projetos, por apenas R$20,00? Não perca essa chance! 😉
#Rotary #Rotaract #RctSalvadorAratu #FEIS


 

quarta-feira, 26 de outubro de 2016

terça-feira, 25 de outubro de 2016




V Semana Espírita

RESPONSABILIDADE SOCIAL perante as LEIS MORAIS

17 a 23/10/16


No sábado (22/10) os eventos da V Semana Espírita foram apresentados de forma diferente, técnicas de dramatização e debates envolveram a presença de um público infanto-juvenil e suas famílias.
Pela manhã, tratando da Lei de Justiça, Amor e Caridade, as crianças da Evangelização Infantil apresentaram os Serviços do Amor que a Fraternidade Espírita Irmã Scheilla oferece à sociedade manifestando o compromisso de responsabilidade social que a instituição pratica junto à comunidade.
Uma plateia de trabalhadores, pais e responsáveis, orgulhosos dos artistas mirins, assistiram a demonstração dos serviços de amparo prestados pelo corpo de voluntários do Centro. O teatrinho, estreado pela evangelizadora Mônica e as crianças, interpretou o auxilio fraterno (atendendo atualmente 700 pessoas), o plantão de passes e os trabalhos sociais realizados externamente, como o preparo e distribuição de mingau e sopa pelas ruas de Salvador.  
Das atuações externas destacam-se o trabalho do Grupo de Ajuda ao Outro (GRÃO) que apoia 100 famílias da comunidade Nova Brasília e os internos do Lar Vida.
Citadas as ações internas: doutrinárias, reuniões mediúnicas, livraria, cursos e grupos de estudos para adultos, bazar e o aprendizado infanto-juvenil.
Desde cedo, as crianças aprendem que a Missão da FEIS constitui-se em “acolher encarnados e desencarnados fraternal e amorosamente, capacitando-os e estimulando-os para sua transformação moral”.
A Casa da Irmã Scheilla ajuda muitas pessoas, a verdadeira responsabilidade social contribui para uma sociedade melhor, mais justa e com a evolução de todos que chegam a sua sede.
Todos os quadros de dramatização foram intercalados com músicas parafraseadas, a exemplo do Hino da Irmã Scheilla citando ingredientes de amor e carinho.
No final as crianças cantaram o Pai Nosso depois distribuíram sopa ao som da música Paz pela Paz.  O presidente da Casa, José Milani, agradeceu e emocionou mais ainda a plateia lembrando o amoroso amigo Rafael Catoni, um exemplo de dedicação aos jovens e crianças.

18o. CAFÉ DA MANHÃ FEIS

30 de outubro de 2016

de 8 às 11 horas da manhã

 

domingo, 23 de outubro de 2016

V Semana Espírita
RESPONSABILIDADE SOCIAL perante as LEIS MORAIS
17 a 23/10/16

Hoje temos o grande encerramento!!! 


Momento artístico com Moacir Mendes, a partir das 16:00 h.
Imperdível para quem curte boa música!!!

Transmissão ao vivo pelo youtube:
 
 

V Semana Espírita


RESPONSABILIDADE SOCIAL perante as LEIS MORAIS



17 a 23/10/16




Armando Lui, baixista e vocalista, iniciou, no estilo voz e violão, a noite de sexta-feira da V Semana Espírita da FEIS (21/10). A palestra ficou a cargo do terapeuta transpessoal e músico, Jordan Campos, abordando a Lei de Igualdade e Lei de Liberdade.
Observar as oportunidades recebidas de Deus entre crianças vítimas de guerra e populações preservadas dessa tragédia ou o procedimento ético de políticos foram as ideias do conferencista para analisar a justiça divina na Lei de Igualdade. Pode nos parecer estranho a desigualdade mostrada pela imprensa, mas é só aparência. Os espíritos são iguais, contudo, por mérito e evolução, vivemos momentos diferentes. Portanto, Deus não é injusto, a reencarnação explica as desigualdades entre nós.
Decididamente, tal lei pressupõe os pilares do Espiritismo, nos faz entender que somos iguais. Para Jordan, a maior lei de Deus é a evolução manifestada na igualdade de chances para todos. Uma coisa é sermos iguais em espírito vivendo situações diferentes, outra e a desigualdade social. Não devemos aceitá-la entre os relacionamentos, gêneros ou agrupamentos sociais. As diferenças sexuais e raciais ou as dificuldades de acesso à boa educação e saúde devem ser respeitadas.
A Lei de Liberdade pressupõe livre escolha, a liberdade de construir seu caminho. Há três teorias concernentes ao livre arbítrio:
·        Fatalista – Prevê que não há escolhas, não há o que fazer. Nada existe sem a autorização divina.
·        Predestinacionista – Nascemos predestinados para ser ou fazer alguma coisa. O que é discutível porque nem todos têm condições morais para fazer opções da nova encarnação.
·        Determinista – O que acontece conosco é a soma das nossas tendências mais o resultado das ações. Há uma direção espiritual sobre as tendências, porém podemos mudar pela nossa força, ou seja, somos também responsáveis por nossos destinos. A mudança de hábitos e a fé são provas de que nem tudo está escrito. A Lei de Liberdade permite-nos escolhas que possam mudar a própria trajetória.
O palestrante sugere, no final, que aproveitemos desta lei para libertarmo-nos do que está preso ou acorrentado como os vícios, tendências negativas e relacionamentos perversos na direção de resolver nossos problemas antes de qualquer acontecimento grave.